TOCA A PESCAR
22.8.09
Os pescadores de Setúbal e Sesimbra organizam, este sábado, um desfile náutico para exigir a revisão urgente do plano de Ordenamento do Parque Natural da Arrábida, cujo atraso, argumentam, está a ameaçar a actividade pesqueira na zona.

Os pescadores argumentam que o plano de Ordenamento do Parque Natural da Arrábida deveria ter sido revisto em 2008, três anos depois de ter entrado em vigor, e que esse atraso de um ano está a ameaçar a actividade pesqueira na zona.

João Cerqueira, da organização do protesto, explicou que o plano afecta sobretudo as embarcações pequenas, porque implica que não possam pescar em várias zonas, ao contrário de barcos maiores.

Os pescadores entendem que o plano, tal como está, prejudica outros sectores de actividade.
Para João Cerqueira, há «todo um potencial turístico da zona que está a ser desperdiçado», bem como «problemas sociais muito graves» provocados pelas limitações na pesca, quer em Setúbal, quer em Sesimbra».

João Cerqueira frisou ainda que os pescadores não são contra o parque marítimo e reconhecem «a necessidade de preservação dos sítios bonitos» da costa, mas defendem que é preciso avançar com medidas como esta de forma a que «os humanos consigam conviver».

O desfile, organizado por associações de representantes da pesca profissional, federações desportivas, clubes navais, empresas da náutica e utentes, visa também mostrar o desagrado em relação a algumas normas, que entram em vigor no domingo, entre as quais a criação de zonas de pesca proibida.

 

Fonte: TSF

 
link do postPor tocaapescar, às 15:57  Comenta
 O que é?

TOCA A PESCAR
pesquisa
Pesquisa personalizada
mais sobre mim
Agosto 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20

23
29

30


pub
arquivos
pub
blogs SAPO